Brasil Junino: Exposição brasileira chega a Roma neste sábado

Depois de encantar mais de 20 mil pessoas em Lisboa e Madri, a mostra Brasil Junino chega a Roma na sexta-feira (5), com muitas atrações. Os italianos vão conhecer um dos maiores festejos do Brasil por meio de vídeos, exposição com registro das festas mais animadas e conhecidas do país, além de shows e intervenções artísticas em pontos turísticos, parques e monumentos da capital italiana.

O primeiro dia será dedicado a apresentação do projeto para convidados. A  mostra abre para visitação no dia 6 de maio, às 13h. Mais tarde, às 17h, o grupo Quinteto Violado, vencedor de dois grammys latinos, apresenta o melhor da música brasileira em show aberto ao público.

A banda dividirá o palco com as quadrilhas juninas Si Bobiá a Gente Pimba, de Brasília (DF), e Raio de Sol, de Recife (PE), além dos grupos de dança Balé Flor do Cerrado e  Matulão. Os atores brasileiros Rebeca Oliveira e Fagner Saraiva também prometem animar a mostra com danças e narrativas teatrais associadas à tradição das festas juninas.

No dia 16, o grupo Bicho de Pé se une aos grupos e quadrilhas locais para fechar a mostra com chave de ouro.

Para os que não abrem mão de comer bem e experimentar coisas novas, o Brasil Junino será prato cheio. Nos dias de shows, o público terá a disposição barraquinhas e foodtrucks que servirão comidas típicas das festas juninas brasileiras como o cural, canjica, pipoca, pão de queijo, bolo de milho, quentão e muito mais.

A exposição segue em Roma entre 5 a 14 de maio no prédio da Embaixada Brasileira, situado no Palácio Pamphilj, em frente a uma das mais imponentes praças do mundo. A ação está aberta para visitação das 12h às 18h e, aos finais de semana, até às 20h. A programação está disponível no sitewww.brasiljunino.com.br.