Exposição brasileira atrai 50 mil na Europa e supera expectativas. Próxima parada é Londres

Mais de 30 mil italianos visitaram o Brasil Junino em Roma. A mostra já passou por Lisboa e Madri, mas foi na capital italiana que recebeu mais visitantes. O show de encerramento, realizado nesse domingo (14), com a banda brasileira Bicho de Pé, foi um dos mais disputados.

Quem passou pela exposição conferiu vídeos e registros das festas mais animadas e conhecidas do país, além de grande programação cultural. Os principais pontos turísticos, como o Coliseu, Piazza Navona e Fontana Di Trevi se transformaram em palco para apresentações de música e teatro.

De Roma, a exposição segue para a capital da Inglaterra e recebe visitantes de 27 de maio a 4 de junho. O local escolhido é a Embaixada do Brasil em Londres.

A programação contará com apresentações das quadrilhas juninas Si Bobiá a Gente Pimba, de Brasília (DF), e Raio de Sol, de Recife (PE), além dos grupos de dança Balé Flor do Cerrado e  Matulão. Os atores brasileiros Rebeca Oliveira e Fagner Saraiva também prometem animar a mostra com danças e narrativas teatrais associadas à tradição das festas juninas.

Para os que não abrem mão de comer bem e experimentar coisas novas, o Brasil Junino será prato cheio. Nos dias de shows, o público terá à disposição barraquinhas e foodtrucks que servirão comidas típicas das festas juninas brasileiras como o cural, canjica, pipoca, pão de queijo, bolo de milho, quentão e muito mais.

 Sucesso no Brasil e no exterior

De acordo com a  curadora da mostra, a brasiliense Edilane Oliveira, o evento superou as expectativas iniciais do projeto, que previa a visita de 40 mil europeus. Ao todo, 50 mil já visitaram a exposição, participaram dos shows e dançaram junto aos bailarinos, artistas e quadrilhas juninas brasileiras. “Uma festa que, além de promover o turismo e a cultura brasileira, reforçaram os laços de amizade existentes entre o Brasil e os Europeus”,  acrescentou.